terça-feira, 3 de janeiro de 2012


Vidas paralelas, sem sentido algum. Marcas permanentes de sua dor que a atormentavam. Lembranças de seu passado que não a deixavam em paz. Tudo o que ela queria era apenas voltar a ser feliz.