sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

(Antiga) Ontem à noite,

me peguei ouvindo a nossa música. Deitada na cama, no vazio da madrugada. Pensando se o 'eu te amo', que me diz, ainda é verdadeiro. Não sei mais reconhecer quem você se tornou. Pensei que te conhecia, agora já não sei mais. Será que eu sou a culpada disso tudo? Disse algo que não devia, ou talvez te deixei com um pé atrás, como sempre fiz. Só queria que chegasse em meu celular, uma mensagem com as palavras mais sinceras que você poderia dizer.

Um comentário: