quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Quisera eu que tu voltasses.

Então, me diga o porquê. Estou aqui, mais um vez, com lágrimas escorrendo pelo meu rosto. Eu já deveria ter superado. Mas parece que toda vez que eu penso nos momentos que passamos juntos, um pedaço de mim morre. Não importa quanto tempo passe, sempre estarás no meu coração. O meu primeiro amor verdadeiro, e possivelmente, o único. Mentiu para mim, me enganou, me iludiu e foi embora sem misericórdia. Deixou-me aqui esperando por um pedido de desculpas, ou talvez alguma frase clichê que me desse alguma esperança de que estavas arrependido. Deplorável, não acha? Transformaste uma menina ingênua com o coração feliz por poder amar em uma menina fria e agora, com o coração gelado e quebrado. Finjo ser feliz, invento sorrisos e disfarço o meu olhar cheio de mágoas. Às vezes, me encontro lastimando a tua partida. Mesmo que negue aos outros, a ti e a mim mesma, a verdade é que eu ainda sinto a tua falta. Quer dizer, sinto falta do que tu eras enquanto estávamos juntos. Sinceramente, não te conheço mais. Tu te transformaste em um outro alguém. Num alguém que só me faz mal…

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Eu voltei!

Caramba, nem sei por onde começar. Bem, nesses tantos meses que passei fora, aprendi muita coisa. Tive muito sofrimento, e também muitas alegrias. Confesso que me esqueci do blog, porém também me mudei e fiquei dois meses sem internet. Agora, nesse momento, é de madrugada e estou completamente zonza. Faz algumas noites que tenho insônia, então resolvi usar esta para recomeçar o blog. Pensei em apagar os antigos posts porque, sinceramente, percebi que eles não são tão bons. Mas vou deixá-los ali. Com o tempo, irei melhorá-los e então postarei as novas versões e excluirei as antigas. O problema é achar tempo para fazer isso. Enfim, vocês ainda lembram de mim? haha.  Beijos, e até logo.

terça-feira, 8 de março de 2011

(Antiga)

Acho que estou viciada no tumblr :(  
Comecei a escrever uma crônica, mas desisti. Não sei, acho que não levo jeito para isso :/
Só para não dizer que eu não postei nada,  vou colocar aqui \/ o pequeno pedaço que escrevi.

Era mais uma tarde normal no parque da pequena cidadezinha onde eles moravam. Uma tarde ensolarada, com um vento norte que fazia as árvores balançarem em plena harmonia. Ela estava sentada no banco de madeira do parque, esperando ele. Seus lindos cabelos loiros voavam com o vento, e seu delicioso perfume era sentido no ar.  Já estava angustiada, pois fazia meia hora que havia recebido uma mensagem dele, dizendo para ela esperá-lo bem ali, porque precisavam conversar. Quando menos esperava, sentiu um toque em seu ombro, então virou o rosto para trás e o viu, com um sorriso triste, e um olhar cabisbaixo. Então ela disse:
– “Pode sentar” - disse sorrindo, feliz por vê-lo
– “Precisamos conversar...” - disse, olhando para baixo.
– “Claro, pode falar” - levantou o rosto dele, e olhou fixamente em seus lindos olhos verdes. Pegou sua mão e então, o viu sorrir.
– “Sabe, faz tempo que eu queria te contar uma coisa...” - soltou a mão dela, e desviou o seu olhar, com vergonha.

sábado, 26 de fevereiro de 2011

(Antiga) Liberte-se

Liberte-se. Viva uma nova vida e esqueça do passado. Só não esqueça de quem lhe deu amor verdadeiro.  

domingo, 20 de fevereiro de 2011

(Antiga) Eu sinto sua falta

Sinto falta de sentir o seu abraço. E ás vezes eu fico refletindo, será que você pensa em mim tanto quanto eu penso em você? Talvez essa duvida dure pra sempre ou talvez você me responda ela agora.
É como uma música que trancou no replay. Seu sorriso não sai da minha cabeça, seu abraço eu não esqueço, e do seu beijo eu preciso. A cada segundo que passa, eu vejo o quanto você é importante e inesquecível para mim.  

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

(Antiga) Noites acordada,

textos escritos tentando entender o nosso amor, palavras que você me disse que até hoje não consegui esquecer, promessas feitas que talvez não vão se cumprir. 
 Lembra quando você jurou que não ia me fazer sofrer?    ...
Choros em vão, lembranças que vão ficar para sempre. Agora vou parar de chorar.  No futuro quero poder olhar para trás e ter certeza que tudo isso valeu a pena.
Talvez você não saiba o que é chorar de saudades, de sofrer por amor. Talvez você não saiba o que sentir uma dor indescritível dentro do seu coração, sentir a distância entre você e a pessoa mais importante na sua vida. Talvez você nunca tenha sentido isso, talvez você nunca teve que fingir que está tudo bem contigo quando não está! Eu só quero que você saiba que além de tudo o que já aconteceu, ainda é com você que eu sonho.

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

(Antiga) Eu fico imaginando,


Meu maior desejo é poder sentir o seu abraço,
o seu beijo, o seu carinho.
Ter certeza que o
nosso amor é real,
e que ele pode durar
para sempre
.
Será que esse dia vai existir?

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

(Antiga) Como é possível?

Você sentir vontade de chorar, mas nenhuma lágrima cair? Sua vida basear-se em apenas uma pessoa? Quando você mais precisa, seus amigos não estão lá; então, você se sente sozinha... Até você perceber que, a única pessoa que pode te ajudar, é a última a quem você pediria ajuda. Mas, é a que mais se importa com você? Você ouvir uma música, e parecer que o cantor se baseou nas páginas mais honestas e secretas do seu diário? A pessoa que você mais ama, chegar em ti e dizer que não te ama mais? O seu melhor amigo deixar de falar contigo por um motivo irrelevante? Ninguém se importar; e só lembrar de você, quando querem favores? Você deitar na cama e não ter mais forças para levantar? Você ligar o chuveiro e finalmente conseguir derramar aquelas lágrimas de mágoas que estavam presas dentro de você mesma, porque tem a certeza que ninguém vai ver? Você relembrar o seu passado, e lembrar de tantas coisas ruins que você passou.. Tantas mentiras, mágoas, decepções, choros, brigas,..  Não conseguir ver quase nada de bom?   Pois é,.. 
A vida é assim,  altos e baixos. Infelizmente, estou na posição mais baixa possível.
O que me mantêm forte, é saber que o sol vai nascer todos os dias.
Por mais que o céu esteja nublado, atrás das nuvens ainda tem um sol radiante, que te mostra que você ainda pode brilhar.

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

(Antiga) Eu não

sou poetisa, muito menos escrevo textos que merecem ser avaliados como "excelentes".
Apenas escrevo sobre o que eu sinto, o que eu vem ao meu pensamento e sobre o que eu acho que merece ser refletido. Não escrevo poemas, ou poesias, que são realmente significativos. Acho que apenas escrevo para fugir das aflições. Quando escrevo, meus problemas são postos em um papel, e então ficam ali. Tenho uma satisfação momentânea em saber que, pelo menos, algumas poucas pessoas irão ler. Se gostam ou não, eu ainda não sei. Enfim, eu amo escrever. E não vou parar, só vou dar um tempo no blog. Temporariamente fechado.

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

(Antiga) O maior pecado,

não é você mentir ou cometer um assasinato.
Mas o maior pecado é você dizer “eu te amo” a uma pessoa
e não ter nenhuma verdade nessas suas palavras.

Harry Potter

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

(Antiga) Um alguém ideal,

Às vezes, eu só queria alguém para me abraçar quando eu mais precisasse. Alguém que, nos meus momentos de pânico e dor, me dissesse: "Calma, isso vai passar. Vai dá tudo certo; vai ficar tudo bem, eu juro!"
Alguém que eu pudesse confiar sempre, sem exceções. Alguém para desabafar, para pedir conselhos, para me preocupar e me importar. Para passar todos os bons momentos, e também os ruins, ao seu lado. Alguém que na metade do dia, quando eu menos esperasse, mandasse uma mensagem escrito: "eu preciso de você."
Alguém que se importasse comigo. Que perguntasse como foi o meu dia, que me fale dos seus problemas. Que, mesmo não precisando, me pedisse conselhos, só para eu sentir que esse alguém confia em mim. Alguém que eu possa chamar de meu, que invente desculpas para me ligar, quando na realidade, só quer ouvir a minha voz. Alguém que me acorde as 4h da manhã, com uma mensagem dizendo que não consegue dormir pensando em mim. Alguém que não me critique, não me julgue, só me ajude e me faça sorrir. Que me defenda; que, mesmo nos momentos mais tristes, sorria para mim e aponte motivos na situação para mim ficar feliz. Alguém que me conheça melhor do que ninguém. Alguém que, no meio de uma discusão, ao invés de ficar irritado comigo e disputar para ver quem grita mais alto, me beije e diga: "você esta certa, eu te amo." Alguém que eu possa contar todos os meus segredos, sem medo e sem vergonha. Alguém que me ame acima de tudo e todos, independente da aparência. Alguém que goste de mim pelo o que eu sou, e não tenha medo de expor isso para o mundo inteiro saber. Alguém que só precise de mim; que me faça feliz só por existir. Que queira passar a vida inteira ao meu lado. Que não economize palavras para demonstrar o quanto me ama, e que me diga isso todos os dias.
-
Infelizmente, acho que quero demais. Talvez esse alguém não exista ...

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

(Antiga) Ontem à noite,

me peguei ouvindo a nossa música. Deitada na cama, no vazio da madrugada. Pensando se o 'eu te amo', que me diz, ainda é verdadeiro. Não sei mais reconhecer quem você se tornou. Pensei que te conhecia, agora já não sei mais. Será que eu sou a culpada disso tudo? Disse algo que não devia, ou talvez te deixei com um pé atrás, como sempre fiz. Só queria que chegasse em meu celular, uma mensagem com as palavras mais sinceras que você poderia dizer.

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

(Antiga) Aquela pessoa

Sabe aquela pessoa por quem você morreria? Aquela pela qual você vive para amar, e ama para viver? Que você, sem dúvidas, quer passar o resto da sua vida ao lado dela? Aquela pessoa que tira o seu ar com apenas uma palavra, que te faz voar com um beijo, e te deixa feliz com um olhar? Aquela pessoa que tem o abraço mais aconchegante, o sorriso mais cativante e que tem o seu coração? Sabe,... Aquela pessoa que recebe o seu "eu te amo" mais sincero?
Essa pessoa é você.