terça-feira, 28 de dezembro de 2010

(Antiga) A felicidade,

me encontrou agora. ou não. Espero que dure para sempre, mas ainda tenho um grande medo dentro de mim. Medo de ser esquecida, de chorar, de me arrepender de tudo isso um dia. Só que ainda tenho a vontade de tentar ser feliz, sem me importar com o que possa acontecer depois, sem me preocupar com o que os outros pensam, sem pensar no amanhã e sem limitar toda a minha vontade de ter você. A vontade de falar todo tempo contigo, o desejo de ver o seu sorriso a qualquer momento e quando quiser, e a segurança que tenho quando sinto você perto de mim.