quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Desabafo .-.

eu não sabia eu não tinha noção do que as pessoas fazem para se dar bem na vida, para ser a primeira, sinceramente eu não me importo com isso desde que eu tenha alguém do meu lado, mas isso eu simplesmente não tenho, hoje eu não tenho certeza se eu posso confiar no eu te amo de alguém, porque esse eu te amo, hoje é o que mais me magoa, é incrível como as pessoas acham que um eu te amo é uma frase, mas pra mim não é! É algo com um significado inexplicável, mas as pessoas não sabem mais o que isso significa, e isso me dói muito, muito mesmo porque, agora, eu não sei diferenciar o verdadeiro do outro que nada significa, ou melhor, eu não sei em quem realmente eu posso confiar, e por mais que haja milhões ao meu redor eu ainda me sinto tão só. Eu não sei se eu realmente posso confiar em alguém, ou se algum dia vou poder confiar, eu me sinto tão abandonada, eu me sinto um lixo, eu não sei me expressar direito, só sei que eu não tenho ninguém pra me consolar, alguém que eu realmente ame, alguém que realmente me ame. Eu me sinto abandonada por todos, eu não só acho como tenho certeza de que a culpa é minha, ou sempre foi, mas eu não tenho mais vontade de viver por causa disso, eu nunca tive ninguém, nunca, como eu posso suportar isso? Está sendo impossível. Eu perdi todos ao meu redor, e o pior que eu não sei o porque, isso me dói tanto, eu me sinto arrependida até por nascer, eu não sei o que eu faço mais, eu juro que eu sempre tento fazer de tudo para as pessoas, mas ninguém vê isso. É como se isso me corroesse por dentro, como um buraco tão grande dentro de mim, eu não entendo porque as pessoas não me dão valor, eu sempre tento fazer de tudo, de tudo mesmo, mas nunca ninguém me provou que é amigo de verdade. Acho que a culpa disso é toda minha, eu não devia ter existido. Não mesmo. Sou eu que faço isso acontecer, sempre, o melhor que eu faria é se eu desaparecesse. Acho que devo fazer isso, eu nada sou mesmo. sempre tento estar com um sorriso no rosto, mas agora está sendo complicado. ainda tenho alguns amigos, pouco pra falar a verdade, em quem eu desabafo. mas receio em lhes contar toda a verdade. já sofri demais com amizades, nós somos humanos, erramos e, nem sempre dizemos a verdade a todos aqueles que vivem ao nosso redor. Às vezes penso, se um dia ainda vou encontrar alguem que me faça feliz, que me deixe nervosa, que eu possa confiar sempre, que durma e acorde pensando nesse alguem e saiba que ele faz o mesmo, que eu possa chama-lo de apelidos carinhosos, que queira passar todos os dias da minha vida com ele e, que ame ele mais que todo o mundo *-*

Nenhum comentário:

Postar um comentário